Melancia – Um Viagra natural

Curas Naturais 1125 visitas 2 Comentarios

Viagra é uma alternativa muito procurada para aumentar o desejo sexual masculino. Mas sabia que é possível fazer a sua própria fonte afrodisíaca em casa?

O melhor de tudo é que a receita é 100% natural.

Para fazer o Viagra natural vamos começar pelos ingredientes, que são somente a melancia e o limão.
A melancia possui inúmeros nutrientes e propriedades afrodisíacas, como o licopeno e a citrulina. E fica a dica de que acrescentar sal, ou açúcar elimina totalmente a eficácia das propriedades afrodisíacas nestas frutas.

Sabe-se que a melancia teve origem em África e foi levada, no século X, para a China que é hoje o maior produtor e consumidor da fruta.

Uma pesquisa feita pela Universidade do Texas, por exemplo, mostrou que ela possui uma quantidade de citrulina muito alta, o que a tornaria um “Viagra natural“.

Ingredientes
Melancia cortada em cubos
O sumo de 1 limão espremido na hora

Melancia - Um Viagra natural
Como preparar
Corte a melancia em pequenos pedaços, depois coloque no liquidificador.
Bata muito bem.
Deve obter cerca de um litro de sumo de melancia.
Lembre-se de que até a parte branca do interior da fruta deve ser aproveitada, já que é riquíssima em citrulina.
Despeje todo o sumo numa panela e leve a ferver. Acrescente o sumo do limão espremido e misture bem.
Deixe a mistura ferver até que a maior parte evapore.
O líquido deve reduzir a metade.
Depois desligue o fogão e espere cerca de uma hora.
Passado o tempo, transfira a receita para uma garrafa de vidro e conserve no frigorífico.
Tome a bebida em jejum, de manhã cedo, e antes do jantar.
A dose varia de 2 colheres (sopa) a 1/3 de copo.
A quantidade vai depender do seu peso.
Este Viagra natural é seguro e eficaz para pessoas de todas as idades e sexos.

Viagra natural


AVISO: Este artigo é meramente informativo, não temos capacidade para receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico.
Consulte o seu médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.
2 Comentários
  1. Pedro Bastos

    | Responder

    Vou experimentar sem duvida.

  2. Rui

    | Responder

    Prefiro apostar na alimentação ao invés de medicação.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *