Anemia Ferropriva Causas Sintomas e Tratamento

Alimentação 404 visitas Comentar

A Anemia Ferropriva é um dos tipos mais comuns de anemia, que é causado pela baixo consumo de alimentos com ferro, como carne vermelha, ovo ou espinafre. No entanto, este tipo de anemia também pode surgir após uma hemorragia ou menstruação severa, devido à perda de ferro pelo sangue.

O Ferro é um nutriente essencial e a deficiência deste mineral continuam a ser muito comuns apesar da ampla disponibilidade dos alimentos ricos em ferro, sendo considerada a deficiência nutricional mais comum em todo o Mundo.

A anemia é uma situação clínica que resulta da diminuição do número de glóbulos vermelhos no sangue ou do conteúdo de hemoglobina no sangue para valores inferiores aos considerados normais.

Os organismos de uma forma geral dependem de uma série de componentes químicos para realizarem funções vitais correctamente e, dessa forma, melhor sobreviverem.

Dentre esses componentes estão incluídos átomos de Oxigénio, Nitrogénio, Carbono, Hidrogénio, Potássio, Fósforo e o Ferro.

O último precisa permanecer em grande quantidade para haver o suficiente para utilização e para possível necessidade.

A importância deste elemento é porque ele participa directamente da formação dos glóbulos vermelhos, células sanguíneas necessárias no transporte de Oxigénio e gás Carbónico por cada órgão.

Além disso, essas células são responsáveis, também, pelo desenvolvimento imunológico e corporal das pessoas.

O Ferro existe sob duas formas:

  • Ferro heme que se encontra em alimentos de origem animal, nomeadamente na carne vermelha, peixe e carne de aves
  • Ferro não heme que se encontra principalmente em alimentos de origem vegetal, podendo também estar presente em alimentos fortificados e em alimentos de origem animal.

A maior parte deste mineral está presente na hemoglobina e o restante está armazenado na forma de ferritina ou hemossiderina no fígado, baço, medula óssea ou então na mioglobina presente no tecido muscular.

É através da urina e fezes, trato gastrointestinal e pele que se perdem pequenas quantidades de ferro, e no caso particular das mulheres a perda pode ser maior devido à menstruação.

O défice deste mineral pode ser causado devido a uma hemorragia, doenças gastrointestinais que interfiram com a absorção de ferro, dieta pobre neste mineral, proteína, folato e vitamina C.

Este défice pode agravar-se e originar em último estágio anemia, que se caracteriza por valores de hematócrito baixo e que tem como sintomas distúrbios gastrointestinais, função cognitiva e imunológica prejudicada e alteração da capacidade de desempenhar trabalho normal ou exercício e ainda regulação corporal alterada.

Anemia Ferropriva Causas Sintomas e Tratamento

Anemia Ferropriva é preocupante, uma vez que pode colocar em risco a vida da pessoa, nomeadamente quando os valores de hemoglobina na mulher estão inferiores a 11 g/dl e no homem abaixo dos 12 g/dl.

COMO SE MANIFESTA A ANEMIA FERROPRIVA?

Anemia Ferropriva pode apresentar-se de forma subtil no inicio da patologia, no entanto à medida que agrava pode manifestar-se da seguinte forma:

  • Fraqueza generalizada;
  • Cansaço fácil, que agrava com esforços;
  • Sonolência;
  • Tonturas e/ou sensação de desmaio iminente;
  • Taquicardia (frequência cardíaca acelerada, nos adultos acima dos 100 batimentos por minuto);
  • Pele e mucosas descoradas (pálidas);
  • Cefaleias (dores de cabeça);
  • Dores nos membros inferiores (pernas);
  • Edema (inchaço) dos tornozelos;
  • Queda de cabelo;
  • Unhas frágeis e quebradiças;
  • Pele seca.
  • Geofagia ou Pica (vontade incontrolável de ingerir terra);
  • Diminuição do apetite;
  • Lapsos da memória;
  • Diminuição da capacidade de concentração e raciocínio;
  • Desânimo;
  • Diminuição do apetite sexual.

COMO SE DIAGNOSTICA A ANEMIA?

O diagnóstico de anemia é feito conjugando os dados da observação médica com o resultado de exames laboratoriais, onde se destacam os que avaliam os níveis e as características dos glóbulos vermelhos, hemoglobina e ferro no sangue.

O diagnóstico é, na maior parte dos casos, alcançado através de uma simples análise ao sangue (hemograma), isto embora possam depois ser necessários exames adicionais para identificar a causa da anemia. É fundamental que se conheça a causa de modo a tratar a anemia da forma mais adequada.

Quando o médico considera que a diminuição do ferro no sangue não é causada devido à alimentação, ele poderá requerer os seguintes exames de forma a determinar a causa da anemia:

  • Colonoscopia;
  • Endoscopia Digestiva Alta;
  • Exame Parasitológico de Fezes;
  • Pesquisa de sangue oculto nas fezes.
  • Esfregaço da Medula Óssea;
  • Análise à urina;

COMO COMBATER A ANEMIA FERROPRIVA?

É importante que o paciente saiba que deve alimentar-se mais de carnes vermelhas, fígados, peixes e hortaliças verde-escuras. Além destes, também é possível recorrer à alimentos ricos em vitamina C, que ajudam na absorção do ferro.

Vitamina C, uma amiga do ferro

A deficiência deste nutriente não causa directamente uma anemia. O que a vitamina C faz é auxiliar a absorção e mobilização do ferro armazenado. Um exemplo dessa acção é quando comemos alguma fonte de ferro não heme acompanhada de alimentos ricos em vitamina C. Ao fazer isso, o ferro não heme transformam-se em ferro heme, aumentando a sua absorção.

Bagas Goji – possuem 50 vezes mais vitamina C do que a laranja

Anemia Ferropriva

AMEIXAS – podem ajudar a tratar a anemia

Uma das melhores frutas medicinais. Conhece todas as propriedades das ameixas? Elas são digestivas, tratam a prisão de ventre, as inflamações, proporcionam energia e o melhor, dispõe de uma dose muito elevada de ferro.

As ameixas são magníficas! Pode consumi-las de forma natural ou secas, ideais para o seu pequeno almoço ou lanche para obter energia. Não tenha dúvidas, depois dos cítricos, as ameixas são óptimas para ajudar a tratar a anemia.

Anemia Ferropriva

Exemplos de causas de anemia que não se resolvem apenas com reposição de ferro:

1- Uma infecção que atinge a medula óssea impede a produção de hemácias, levando à anemia. Neste caso, a queda do hematócrito ocorre por falta de produção de hemácias na medula. Do mesmo modo, repor ferro não irá tratar a causa.

2- O cancro do intestino pode causar sangramentos e perda de sangue, levando à anemia. Esta anemia é causada pela perda de sangue e, apesar do paciente realmente ter carência de ferro, uma simples reposição não irá estancar o sangramento, nem tratar o tumor. Na verdade, repor ferro sem investigar a causa da anemia pode melhorar os valores do hematócrito (exame de sangue que serve para avaliar a percentagem das células vermelhas do sangue) temporariamente, levando à falsa impressão de resolução do problema, o que só irá atrasar o diagnóstico final.

3- Um medicamento que seja tóxico para as hemácias e cause a sua destruição antes de 120 dias, também leva à anemia. Anemia por rápida destruição das hemácias também não vai ser tratada com ferro.

Anemia Ferropriva

DICAS

Exemplos de alguns sumos ricos em ferro e vitamina C que podem ajudar na anemia ferropriva:

♥ Sumo de laranja com couve
♥ Abacaxi com couve
♥ Melancia com beterraba + couve + limão
♥ Espinafre com cenoura + laranja
♥ Sumo de laranja + agrião + salsa + cenoura

SE TEM ANEMIA, EVITE ESTES EXCESSOS

Na presença da anemia ferropriva, devemos evitar o excesso de alguns nutrientes que podem prejudicar a absorção do ferro, tais como:

  • CÁLCIO – o ideal é, durante o período de anemia, evitar o consumo excessivo de leite, queijo, iogurte, entre outras fontes de cálcio, na mesma refeição rica em ferro. Isto porque ingerir cerca de 300mg (a recomendação diária é de 1000mg) de cálcio acompanhado de uma fonte de ferro não heme pode diminuir a absorção deste em 50 a 60%.
  • FIBRAS, TANINOS E FITATOS – o consumo em maior quantidade de fibras pode diminuir a absorção do ferro.

Já os taninos e fitatos são compostos químicos que se combinam ao ferro, tornando-o insolúvel, impedindo a sua absorção.

Evite o consumo excessivo de fibras – como pães e massas integrais, café, chá preto ou chá mate na mesma refeição rica em ferro.

Saiba que diagnóstico e tratamento precoces evitam agravamento de doenças, prevenindo assim problemas maiores no futuro que podem colocar a sua vida em risco.

 

Copyright Tratamento Natural. Reprodução permitida desde que indicando o endereço:
https://www.tratamento-natural.com/alimentacao/anemia-ferropriva-sintomas/?shared=email&msg=fail

AVISO: Este artigo é meramente informativo, não temos capacidade para receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico.
Consulte o seu médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *