Kuzu – Benefícios para a saúde

Alimentação 444 visitas Comentar

O mundo da alimentação está repleto de nomes cada vez mais difíceis de memorizar, mas há um que não irá sair mais da sua cabeça… nem da sua cozinha. Falamos do kuzu.

O kuzu é usado no Oriente há milhares de anos e, no Ocidente, começou a ser utilizado em medicinas alternativas e também pelos adeptos da macrobiótica. Tradicionalmente, é usado no combate a constipações e estados gripais, bem como para melhorar a digestão e a qualidade da flora intestinal.
No Japão, o kuzu é usado como remédio para curar as ressacas e a medicina tradicional chinesa recorre a esta planta em casos de alcoolismo.

Corresponde ao amido da raiz da planta Kudzu (araruta japonesa – Pueraria lobata), sendo muito utilizado na culinária vegetariana como espessante em refogados, molhos e sobremesas e para dar uma textura mais aveludada às sopas.

KUZU – BENEFÍCIOS PARA A SAÚDE

√ Facilita a digestão e minimiza os problemas gástricos, como úlceras e azia, visto que é naturalmente isento em glúten e de pH alcalino;

Promove a reposição da flora intestinal em casos de diarreia e outros problemas intestinais, devido ao seu teor em isoflavonas;

Ajuda a reforçar o sistema imunitário;

Ajuda em casos de constipação, febre e tensão muscular, devido às suas propriedades anti-inflamtórias;

Melhora a saúde da pele, devido às suas propriedades anti-inflamatórias e cicatrizantes, sendo já um dos ingredientes de alguns cremes de rosto e de corpo;

Parece ser um aliado para quem quer deixar de fumar e para problemas com alcoolismo pois, ajuda a reduzir o desejo por substâncias aditivas como o álcool e a nicotina;

Revitalizante natural, ajuda em situações de cansaço e falta de energia, tanto física como mental.

Kuzu - Benefícios para a saúde

Como preparar e consumir o Kuzu?

Para preparar o kuzu e introduzi-lo na sua rotina alimentar basta dissolvê-lo em água quente e beber (esta é a forma mais rápida e prática). No entanto, é importante salientar que a água não deve estar ferver, porque senão corre-se o risco de perder todo o seu valor nutricional.

Se em vez de bebido, preferir incluí-lo em preparações culinárias, basta aquecer durante mais algum tempo ao lume até engrossar.

Kuzu – Sumo de maçã

Diluir uma boa colher de café de Kuzu em ½ taça de água fria + ½ taça de sumo de maçã acabada de espremer.
Juntar também uma pitada de sal marinho.
Esta preparação pode ser utilizada nos seguintes casos: estimular o apetite; fazer baixar a febre; amolecer as fezes muito duras; acalmar (quando se for deitar).

Usos medicinais – efeitos do Kuzu em pó:

♦ Específico yang dos intestinos, fortalece e regulariza a digestão – digere-se facilmente e é facilmente absorvido pelos intestinos
♦ Problemas intestinais agudos: alivia a diarreia em especial
♦ Debilidades intestinais crónicas ou moléstias intestinais crónicas como a tuberculose intestinal
♦ Mucosa digestiva irritada ou inflamada (peritonite); excesso de acidez
♦ Melhora os estados gripais, os resfriados – geralmente os resfriados estão relacionados com a debilidade intestinal ou cansaço
♦ Em casos de febre, tende a reduzir a temperatura
♦ Elimina o cansaço crónico; fadiga geral; falta de vitalidade – o pó de Kuzu é um amido muito concentrado, contendo mais calorias que o mel de abelha por unidade de medida. Porém também é uma fonte de energia de combustão muito mais lenta que o mel
♦ Catarro
♦ Bom para pessoas que têm dificuldade ou não podem comer alimentos sólidos

kuzu

Combate ao alcoolismo

No oriente, há uma infinidade de relatos que apontam o kuzu como uma forma de auxiliar em tratamentos de alcoolismo – tanto no processo de abandonar a bebida, quanto no auxílio em relação a seus principais sintomas.

Estima-se que o uso do extrato da planta durante o processo de afastamento do vício seja capaz de reduzir os sintomas da abstinência, além de auxiliar na redução dos efeitos da ressaca para aqueles que sofrem de recaídas.

O kuzu é, atualmente, encontrado em superfícies com produtos dietéticos, sendo, cada vez mais fácil ter acesso a este alimento.

NOTA IMPORTANTE – Não deve ser tomado durante mais do que um mês seguido.

Kuzu – Benefícios para a saúde
4.6 (92.5%) 24 votos


AVISO: Este artigo é meramente informativo, não temos capacidade para receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico.
Consulte o seu médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *