Remédios caseiros para dores de dentes

Alimentação 134 visitas Comentar
Remédios caseiros para dores de dentes 1

Poucas coisas são mais incómodas que uma dor de dentes. Mas ocasionalmente seja pela ocorrência de uma cárie, o aparecimento de uma gengivite, o uso de aparelho dentário ou o nascimento de um siso, elas poderão ocorrer e ser um verdadeiro pesadelo.

Para evitar o uso recorrente de medicamentos, conheça algumas soluções caseiras bastante eficazes no tratamento da dor.

Água morna e sal

Este é um tratamento simples e com recurso a dois ingredientes disponíveis em qualquer casa pode fazer um elixir bucal: água e sal. Basta misturar 1 colher de chá de sal num copo com água morna e bochechar, insistindo na região afectada.

A solução ajuda a aliviar a dor e ainda remove quaisquer restos de comida que se tenham acumulado na região inflamada. Atenção, se a dor é provocada por uma extracção deverá evitar bochechos ou corre o risco de remover o coágulo recentemente formado.

Bicarbonato de sódio

O bicarbonato de sódio é um ingrediente usado em muitos tratamentos caseiros e aqui não é a excepção, porque outra forma de fazer bochechos que ajudam na remoção de germes e bactérias que causam a dor de dente é utilizar uma mistura de bicarbonato de sódio. Misture uma colher de chá de bicarbonato de sódio e 250 ml de água morna.

Vinagre de cidra

Este remédio caseiro combate a inflamação das gengivas. Dilua 1 colher de sopa de vinagre de cidra num copo de água morna. Faça gargarejos sem engolir. Imediatamente depois deve enxaguar bem a boca, já que o vinagre de cidra provoca desgaste do esmalte dentário.

dores de dentes

Gelo

O gelo ajuda a acalmar vários tipos de dor e a dor de dentes não é excepção. Ao provocar a contração dos vasos sanguíneos, a aplicação e gelo reduzirá a inflamação e inchaço. Por sua vez, a ação analgésica acalmará a dor. Deverá repetir a aplicação a cada 3 horas não excedendo os 20 minutos de cada vez, tendo cuidado para não queimar a pele.

Sumo de limão

Pelas suas propriedades antibacterianas e anti-sépticas, o sumo de limão ajuda a reduzir a inflamação, aliviando por consequência a dor associada. Para aplicar, pode preparar uma solução de água e sumo de limão em partes iguais e usá-la para fazer bochechos regulares.

Mas tenha em conta que bebidas ácidas podem contribuir para a erosão dentária. Por isso após bochechar, lave a boca com bastante água.

Cravo

O cravo é um potente analgésico natural ajudando eficazmente a combater vários tipos de dor. Para aliviar a dor de dente poderá usá-lo e duas formas. A primeira consiste em mascar o cravo diretamente. Por outro lado poderá ingeri-lo na forma de chá ou aplicar diretamente na região dorida na forma de óleo essencial.

Para isso, molhe um algodão ou cotonete no óleo de cravo e aplique no dente que o incomoda, deixando atuar por alguns minutos.

Deverá ter cuidado com a região em torno do dente já que poderá sentir uma ligeira queimadura caso o óleo entre em contacto com a gengiva.

Remédios caseiros para dores de dentes

Alho

Um dente de alho poderá ser o que basta para aliviar a dor de dentes. Isto deve-se às propriedades antibacterianas, anti-inflamatórias e antibióticas, sobretudo graças a uma substância química chamada alicina que ajuda a diminuir a infecção e a combater o foco da dor.

Aplique o dente de alho esmagado no dente afetado ou esfregue nas suas gengivas e dentes, a dor diminuirá.

É importante ter em conta que caso a dor persista por mais de 2 dias, deverá consultar um dentista para avaliar o problema. Poderá ser necessário um tratamento dentário ou o uso de antibióticos.

Remédios caseiros para dores de dentes
4.8 (95%) 24 votos

Copyright Tratamento Natural. Reprodução permitida desde que indicando o endereço:
https://www.tratamento-natural.com/alimentacao/remedios-caseiros-dores-dentes/

AVISO: Este artigo é meramente informativo, não temos capacidade para receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico.
Consulte o seu médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *