Flebite (tromboflebite superficial) – Causas, Sintomas e Tratamento

Corpo 521 visitas Comentar

A inflamação que atinge as paredes das veias é chamada de flebite. A inflamação pode ocorrer no sistema venoso superficial ou profundo.

A flebite (também chamada de trombose venosa profunda) é uma patologia cardiovascular que corresponde à obstrução completa de uma veia, em particular nos membros inferiores (90% dos casos). Ela ocorre após a formação de um coágulo de sangue numa veia, chamada de trombos.

A flebite pode ser diagnosticada em veias do corpo inteiro, independentemente do calibre das veias, sendo mais comum encontrar a inflamação nas veias do sistema nervoso superficial localizadas nas pernas.

PRINCIPAIS CAUSAS DA FLEBITE

A flebite pode ser causada por organismos patogénicos como as bactérias, por certos medicamentos, por traumatismo físico, como o causado pelo mau uso da seringa durante injecções, por ficar muito tempo imobilizado após uma cirurgia ou uma viagem longa de carro e avião, e pode ser desenvolvida também devido a factores genéticos.

– Pessoas obesas, sedentárias, que tomam anticoncepcionais, que possuem varizes, aterosclerose, e que fumam, possuem uma predisposição maior em desenvolver flebite.

Quando a flebite atinge veias na superfície da pele (flebite artificial) o problema é facilmente resolvido quando o indivíduo segue um tratamento adequado.

Neste caso, a flebite desaparece rapidamente. No entanto, se ela evoluir para uma tromboflebite a complicação é maior, pois os trombos (coágulos) formados, podem se partir e viajar para os pulmões causando embolia pulmonar.

– Pacientes que ficam de cama durante longos períodos podem apresentar flebites. Manter a mesma posição durante horas também pode desencadear a doença, como pessoas que trabalham durante muito tempo em pé.

Tromboflebite é muito comum em pessoas que têm varizes. No entanto, também pode ocorrer em pessoas com condições médicas que levam ao fluxo sanguíneo lento nas pernas, especialmente em mulheres grávidas e em pessoas que estão imobilizadas por causa de um acidente vascular cerebral ou cancro.

– Pessoas que recebem injecções ou medicamentos por via intravenosa (na veia) também são mais propensas a obter tromboflebite, porque as suas veias podem tornar-se irritadas com os tubos usados ou pela própria medicação.

SINTOMAS DA FLEBITE

Os principais sintomas são os seguintes:

  • Dor;
  • Calor;
  • Edema;
  • Rubor.

Em tese, a flebite apresenta todos os sintomas de uma inflamação comum, com a possibilidade de febre alta. Outra consequência é a embolia no vaso inflamado, podendo gerar complicações. Para diagnosticar a flebite, o médico faz um exame clínico e conta com o apoio de exames de imagem.

A maioria dos casos desaparece naturalmente, de forma espontânea. As principais recomendações são repouso, medicações e algumas compressas para aliviar os sintomas comuns da inflamação.

Em casos mais graves, o médico pode fazer um procedimento cirúrgico para laquear a veia com o problema, interrompendo o deslocamento do trombo.

Para prevenir a flebite, a orientação é evitar contacto com substâncias que podem prejudicar as paredes das veias e tomar todos os cuidados com injecções.

Flebite (tromboflebite superficial) - Causas, Sintomas e Tratamento

ADOPTE HÁBITOS DE VIDA SAUDÁVEIS

  • Controle o peso – É importante manter um peso saudável para evitar a flebite;
  • Beba água – Um corpo hidratado favorece uma circulação sanguínea adequada;
  • Mude a alimentação – Insira elementos nutritivos nas refeições como legumes, verduras e frutas ricos em fibras, vitaminas e minerais. Esqueça os enchidos e alimentos industrializados ricos em gordura, sal e açúcar;
  • Movimente-se – A vida sedentária aumenta as chances de varizes, é preciso fazer caminhadas, mover bastante as pernas e elevá-las durante a noite para que o sangue não coagule;
  • Mova braços e pernas a cada duas horas – Se trabalha em pé ou sentada, é importante mudar a posição dentro desse período, desse modo, o sangue circula melhor;
  • Ande descalço – Esta acção ajuda no fortalecimento dos músculos e também dos ossos;
  • Durma com as pernas sobre um travesseiro para elevar e favorecer a circulação sanguínea;
  • Em viagens longas, é importante movimentar as pernas a cada duas horas, levante-se ou mexa as pernas como se estivesse costurando para favorecer a circulação sanguínea;
  • Não use roupas que apertam demais os braços e pernas;
  • O excesso de calor pode prejudicar a saúde vascular causando vasodilatação excessiva das veias originando sensação de peso, inchaço e dor nas pernas;
  • Álcool e cafeína podem elevar a pressão sanguínea, portanto devem ser ingeridos com moderação;
  • Não fume;

Flebite

As pessoas que possuem histórico familiar de doenças circulatórias ou cardiovasculares devem procurar ter um estilo de vida saudável, evitando o cigarro, por exemplo, que promove a formação de coágulos.

Além disto, a prática de actividade física moderada, como a caminhada, é essencial para manter a saúde em dia.

TRATAMENTO PARA FLEBITES

O tratamento para flebite é feito através do uso de medicamentos anti-inflamatórios, analgésicos como a aspirina para aliviar a dor, compressas mornas e húmidas nas zonas doridas, repouso com pernas e braços elevados, e, em casos de tromboflebite o médico poderá receitar o uso de medicamentos anticoagulantes, para reduzir e impedir a formação de coágulos.

 

Partilhar este artigo
  • 3
    Shares
Copyright Tratamento Natural. Reprodução permitida desde que indicando o endereço:
https://www.tratamento-natural.com/corpo/flebite-tromboflebite-superficial/?share=tumblr

AVISO: Este artigo é meramente informativo, não temos capacidade para receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico.
Consulte o seu médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *