Hérnia Abdominal causas sintomas e tratamento

Corpo 133 visitas Comentar
Hérnia Abdominal causas sintomas e tratamento 1

A presença de uma Hérnia Abdominal é notada devido à existência de um inchaço ou um caroço na região da barriga, principalmente na região acima do umbigo, dentro do umbigo e na virilha.

A Hérnia é a saliência de uma porção do organismo que se exterioriza através de um ponto fraco natural ou adquirido.

Um exemplo é a hérnia umbilical que aparece através do umbigo, que é um ponto fraco natural.

O umbigo é o local por onde o feto foi alimentado durante a vida uterina. No umbigo não existe protecção muscular como no restante da parede abdominal, ele mantém-se fechado por uma fibrose constituída por tecido cicatricial.

Os órgãos do corpo são mantidos no lugar por músculos, membranas e pele, os quais formam uma parede fibrosa. Quando alguma das partes da parece sofre um dano, normalmente forma-se um orifício (um espécie de túnel) pelo qual o órgão protegido pode deslocar-se e dar origem à hérnia.

O problema pode surgir de maneira natural ou adquirida (exagerado esforço físico, por exemplo), e costuma apresentar saliência visível no local, assim como dor.

Além disso, dependendo do tamanho do orifício e da região do corpo, a hérnia pode causar problemas graves.

QUAIS OS SINAIS E SINTOMAS DA HÉRNIA ABDOMINAL?

A primeira manifestação de uma hérnia é a detecção de uma saliência por baixo da pele, em regra indolor mas que pode causar desconforto e tornar-se mais evidente durante actividades que impliquem esforço, como o tossir.

Pelo contrário, a hérnia tende a atenuar-se ou a desaparecer na posição deitada.

Nas fases iniciais é possível reduzir a hérnia, ou seja, empurrar o seu conteúdo para o interior da cavidade abdominal. Quando ela se torna maior pode ficar encarcerada, o que significa que já não é possível reduzi-la.

Se o fluxo sanguíneo ficar interrompido, ocorre estrangulamento que se manifesta por dor, náuseas, vómitos e paragem dos movimentos intestinais com obstipação. Nesse caso, a pele sobre a hérnia fica vermelha, com sinais inflamatórios marcados. Pode ocorrer febre.

Principais tipos de hérnia e como tratá-las

A hérnia pode aparecer nas mais diferentes regiões do corpo. No entanto, há locais que são mais propensos ao surgimento do problema.

Veja, a seguir, os tipos de hérnia mais comuns:

# Hérnia Epigástrica

O afastamento dos músculos abdominais dá espaço ao surgimento da hérnia epigástrica, a qual ocorre na linha média entre o tórax e o umbigo. Mais presente em homens, o problema na maior parte dos casos é congénito.

Sintomas: na maioria dos casos é assintomática (sem dor), mas pode causar dores ao se pressionar o abdómen.

Tratamento: por não se curar naturalmente, esse tipo de hérnia requer uma cirurgia de reparação da região abdominal.

# Hérnia Inguinal

Surge na virilha e representa 75% das hérnias abdominais. É 25% mais comuns em homens e, quando tratada logo no início, costuma não apresentar complicações. Normalmente, é resultado de grande esforço abdominal, mas pode também ser gerada por falha congénita. Quando se expande, pode, inclusive, atingir a região escrotal.

Sintomas: dor associada ao esforço abdominal, como a tossir, ao fazer exercícios, ao levantar objectos pesados, e ao evacuar.

Tratamento: a única maneira de tratar a hérnia inguinal é através de cirurgia, a qual promove a correcção do problema. O procedimento é considerado comum e deve ser avaliado pelo médico.

# Hérnia Umbilical 

Também conhecida como paraumbilical, este tipo de hérnia surge ao redor do umbigo, sendo mais usual em mulheres. É causada por algum defeito na cicatrização umbilical, e pode ser potencializada pela gravidez, pelo esforço excessivo, e pela obesidade. Este tipo de hérnia também é comum em crianças.

Sintomas: inchaço ou protuberância da região do umbigo, e dor.

Tratamento: no caso de crianças, a hérnia umbilical tende a desaparecer normalmente. Já em adultos, pode existir a necessidade de uma cirurgia para evitar problemas maiores (crescimento e dor). A operação é considerada simples e pode ocorrer a implantação de uma tela de protecção para reforçar a região.

Hérnia Abdominal sintomas e tratamento

Além dos 3 tipos de hérnia mais comuns, ainda existem outros, como:

Hérnia Femoral – está localizada logo abaixo do ligamento inguinal na virilha. Ocorre quando parte do intestino empurra a parede do canal femoral.

Hérnia Incisional – pode surgir em vários locais do abdómen que sofreram alguma incisão cirúrgica.

TRATAMENTO DA HÉRNIA ABDOMINAL

O único tratamento eficaz e definitivo para as hérnias é a cirurgia, baseada na reintrodução dos tecidos herniados na cavidade abdominal e na reparação do orifício que proporcionou a sua projecção para o exterior.

O uso de faixas ou de fundas, tão comuns no passado, é hoje em dia considerado como um recurso provisório enquanto não se realiza a intervenção cirúrgica, uma vez que com esta medida não se pode solucionar o problema e, para além disso, pode até favorecer o aparecimento de complicações.

Regra geral, as hérnias não melhoram. Pelo contrário, tornam-se cada vez mais volumosas com o passar do tempo, razão que justifica a realização de uma operação para prevenir eventuais complicações.

 

Hérnia Abdominal causas sintomas e tratamento
4.8 (96.3%) 27 votos

Copyright Tratamento Natural. Reprodução permitida desde que indicando o endereço:
https://www.tratamento-natural.com/corpo/hernia-abdominal-tratamento/

AVISO: Este artigo é meramente informativo, não temos capacidade para receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico.
Consulte o seu médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *