Corpo

Tudo sobre a Infertilidade Masculina – Como tratar

Aproximadamente 15% dos casais que tentam a sua primeira gravidez não tiveram êxito. A maior parte dos médicos definem esses pacientes como inférteis, sobretudo se eles foram incapazes de conseguir uma gravidez após um ano de relações sexuais desprotegidas.

A concepção normalmente é conseguida dentro de doze meses em 80 a 85% dos casais que não usam métodos contraceptivos, e as pessoas que apresentam dificuldades após este tempo devem ser consideradas como possivelmente inférteis e devem ser examinados em consulta.

O problema de infertilidade masculina é ainda apontado por algumas pessoas como algo em que a mulher é a responsável. Mas, na pratica, o problema de infertilidade surge em 40% dos casos, por culpa do homem.

A varicocele é o aparecimento de varizes nas veias do escroto. Muitos homens têm algum grau de varicocele, mas quando este grau é importante (veias visíveis no exame clínico), resulta num incremento da temperatura e acumulação de substâncias tóxicas nesta região, prejudicando a produção de espermatozóides.

Outros sintomas são a sensação de peso e dor nesse local.

 

Infertilidade Masculina

Causas da Infertilidade Masculina

A infertilidade masculina, é frequentemente causada por problemas associados com o semen. Quando a qualidade do esperma não é satisfatória para a função de reprodução, os problemas surgem.

Muitos homens não têm a causa de infertilidade explicada pelos médicos. São homens cujo tratamento é mais difícil e prolongado, principalmente em busca de uma melhoria no espermograma e nos outros exames que são utilizados para avaliar a fertilidade. Todos estes homens podem ser tratados com medicamentos e vitaminas com a finalidade de melhorar a fertilidade.

 

Infertilidade Masculina Tratamento

É verdade que homens cujo espermograma apresente espermatozóides em número muito pequeno (<5 milhões/ml) e motilidade diminuída (<20%) são fortes indicativos de fertilidade diminuída, entretanto, mesmo nestes casos ocorrem gestações.

Outra dificuldade é a grande variabilidade na motilidade e concentração de espermatozóides num mesmo indivíduo em períodos diferentes, por isso a recomendação de, pelo menos, dois espermogramas para o diagnóstico do factor masculino.

 

Tratamento Natural

Padrões de normalidade do sémen devem ser analisados para cada casal. A idade da mulher, a duração da infertilidade e a história de gestação prévia são importantes factores para casais cujos homens têm espermograma com parâmetros abaixo do normal.

Sempre que a análise do sémen estiver alterada, o paciente deverá ser encaminhado a um urologista para investigação mais detalhada.

Evite alimentos que reduzem a contagem de espermatozóides – Álcool, café, cigarro e carne vermelha têm sido associados à baixa fertilidade masculina, enquanto uma dieta rica em frutas, grãos e frutos do mar é conhecida por aumentar a fertilidade.

Evite roupas apertadas – Roupas íntimas ou calças apertadas, roupas desportivas ou trajes de banho de materiais de elastano/lycra e roupas térmicas que cortem a circulação para a área da virilha podem interferir na fertilidade masculina por prejudicar a produção de espermatozóides ou enfraquecer a qualidade do esperma.

Actualmente, recomenda-se que os homens usem roupa interior confortável, mas que evitem saunas, jacuzzis ou banhos turcos, enquanto a fertilidade constituir um problema.

Mantenha uma temperatura adequada na região da virilha – Permanecer longos períodos sentado, sessões regulares em banheira de hidromassagem ou sauna e vestir roupas excessivamente quentes ou apertadas pode causar o sobreaquecimento do escroto, reduzindo a contagem de espermatozóides e, portanto, limitando a fertilidade masculina.

Evite estas situações para aumentar a probabilidade de que a contagem de espermatozóides permaneça num nível saudável.

Álcool – Tanto os testículos como o fígado são directamente afectados pelo álcool. É comum encontrar nos alcoólicos crónicos atrofia testicular, associada a fibrose peritubular e diminuição de células germinativas.

Vários tratamentos naturais e outras dicas podem ajudar a aumentar a contagem de esperma e também melhorar a qualidade do esperma.

GinsengA sua fertilidade pode melhorar, incluindo ginseng na sua alimentação diária. Ginseng, uma das ervas mais populares nos Estados Unidos, pode melhorar a fertilidade masculina, aumentando o número eo  movimento do seu esperma.

Óleo de linhaçaEsta erva serve como uma rica fonte de ácidos gordos essenciais, que podem manter o seu esperma saudável e melhorar o fluxo sanguíneo para o pénis.

A evidência ensina-nos algumas regras que podem ajudar a melhorar ou mesmo a resolver alguns problemas de infertilidade masculina.

 

 

Para lá de todas as dúvidas, a terapêutica com antioxidantes na infertilidade masculina tem vantagens potenciais que não podem ser ignoradas.

1Deixar de fumar (o tabaco é um grande produtor de radicais livres);

2 – Controlar o peso, diabetes, hipertensão;

3 – Fazer combinações de antioxidantes. Até à data, parece que nenhum antioxidante isolado é capaz de melhorar devendo-se utilizar combinações deles para se obter um melhor resultado;

4 – Fazer, todos os dias, uma alimentação rica em antioxidantes: frutas, legumes e verduras frescas bem como cereais integrais.

 

Vale lembrar que o estilo de vida saudável, com menos stress, longe do cigarro, com o peso correcto e a prática de actividades físicas são tão importantes quanto a ingestão adequada de vitaminas e suplementos.

Além disso, os efeitos destas substâncias ocorre a longo prazo e não imediato.

 


AVISO: Este artigo é meramente informativo, não temos capacidade para receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Consulte o seu médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Tags

Artigos Relacionados

Back to top button
Close