Terapia quântica – o poder auto curativo do corpo humano

Terapias 1678 visitas 1 Comentario

Terapia quântica. Em termos simples, a medicina quântica abraça uma série de conhecimentos ancestrais, nomeadamente os da . Ao actuar através de uma tecnologia inovadora, transmite ao corpo frequências hertzianas. Estes impulsos, que quase não se sentem, activam determinados pontos – correspondentes a diversos órgãos – com o objectivo de restabelecer o equilíbrio energético.

Para realizar a terapia Quântica, além de um terapeuta qualificado e certificado, é necessário um aparelho de detecção de stress.

Através de sensores ligados aos pulsos, tornozelos e cabeça do paciente, é capaz de analisar a uma velocidade de 200 transacções por segundo tudo o que pode estar a influenciar o stress do corpo. Entre outros factores: alergias, falta ou excesso de nutrientes, agentes patogénicos (vírus, fungos, parasitas, bactérias), falta de cuidados, excesso de tóxicos e principalmente factores emocionais.

Os resultados da aplicação da medicina quântica demonstraram “que a acção das radiações melhora a , acelera os processos metabólicos, activa o processo regenerativo, estabiliza a membrana celular, normaliza arritmias cardíacas, activa a função oxidante do sangue, estimula o fluxo energético global, aumenta os níveis de hidratação e oxigenação e tem um efeito imuno-estabilizante no organismo.

A Terapia Quântica potencia o poder auto curativo do corpo humano, sem recurso a medicação e é um método seguro, relaxante e sem efeitos secundários. A medicina convencional, ao contrário, é invasiva e utiliza fármacos, criando dependências e efeitos secundários diversos.

Terapia quântica curativa

 

 

Terapia quântica /Medicina Quântica

Na Medicina Quântica, no sentido do tratamento, após serem analisados os resultados, são seleccionadas as terapias a realizar de acordo com o quadro clínico.

Estas terapias actuam a um nível vibracional, alterando a frequência do órgão, sistema ou emoção em desequilíbrio, devolvendo ao organismo o seu correcto funcionamento e promovendo uma sensação de harmonia e bem-estar.

Com esta nova tecnologia, é possível registar as frequências emitidas pelo nosso organismo, ao nível celular e emocional, e compará-las com uma base de dados onde constam os valores que correspondem a frequências de normalidade e equilíbrio de um Ser Humano saudável.

Com a Medicina Quântica é possível obter excelentes resultados cientificamente comprovados em variadíssimas doenças:

  • Emocionais, nomeadamente a depressão e ataques de pânico
  • Degenerativas
  • Auto-imunes
  • Inflamatórias
  • Entre outras

Cada organismo, célula, elemento ou órgão, possui uma frequência electromagnética única e identificável. As perturbações no campo electromagnético do corpo ao fim de certo tempo geram alterações que se vão manifestar em seguida ao nível de modificações bioquímicas.

A terapia é feita com a ajuda de um aparelho que combina análise e equilíbrio tanto no nível energético como no nível informativo. Trata-se de uma metodologia corretora das disfunções bioenergéticas do corpo humano.

É uma técnica terapêutica que ajuda o indivíduo a reencontrar-se com o seu corpo, a perceber o que realmente se está a passar no mais profundo do seu Ser. Ajuda a libertar emoções, sentimentos e crenças e a activar as funções necessárias à vida.

A Terapia Quântica está inserida nas medicinas biológicas regenerativas.

Este sofisticado sistema de biofeedback permite medir a radioactividade electrofisiológica, analisando e equilibrando os factores de stress, mesmo antes de eles se manifestarem fisicamente no nosso corpo.

Segundo a Organização Mundial de Saúde, o stress é considerado o mal do século, sendo visto como o principal causador de doenças crónicas, atingindo 90% da população mundial.

Terapia Quântica

Terapia quântica – o poder auto curativo do corpo humano
4 (80%) 1 voto


AVISO: Este artigo é meramente informativo, não temos capacidade para receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico.
Consulte o seu médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.
1 Comentário
  1. Gonçalo

    | Responder

    Artigo muito informativo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *