Alimentação

A dieta vegan afeta a inteligência?

A carne é um alimento que tem proteína, vitamina B12 e outros nutrientes que são associados à saúde do cérebro.

Como na dieta vegan não existe consumo de carne, algumas pessoas acreditam que esta dieta pode afetar a inteligência.

Será esta uma verdade? Ou apenas outro mito sobre a dieta vegan? Nós damos-lhe a resposta a esta questão.

A dieta vegan afeta a inteligência: verdade ou mentira?

Existem várias razões que levam algumas pessoas a acreditar que esta dieta afeta o desenvolvimento do cérebro, como a falta dos nutrientes provenientes da carne e do peixe (e que melhoram a saúde do cérebro) e o facto de o cérebro usar 20% das calorias diárias.

Estas e outras notícias começaram a surgir quando a dieta vegan se tornou mais popular. No entanto, essas afirmações não foram sustentadas por estudos, tudo porque ainda existem poucos sobre o tema.

banner1 1

Um dos estudos foi feito com crianças, mas seriam necessários mais, principalmente com adultos. De outra forma, será difícil sustentar a ideia de que a dieta vegan afeta a inteligência ou o desenvolvimento do cérebro.

Agora sim, as pessoas que têm uma dieta vegan não adquirem tão facilmente alguns nutrientes que existem nos produtos de origem animal, mas existem outras formas de manter o equilíbrio do organismo, como as consultas regulares num nutricionista, mais conhecimento acerca deste tipo de dieta e a toma de suplementos sempre que necessário.

Os restaurantes vegans, por exemplo, tomam os cuidados necessários para garantir que os clientes consomem os nutrientes recomendados para uma refeição.

O restaurante vegan em Lisboa – Organi Chiado, por exemplo, mantém as recomendações nutricionais e faz uma grande variedade de pratos e sobremesas de comer e chorar por mais.

Restaurante Vegan

Quais as vitaminas em falta na dieta vegan e como afeta a saúde?

Algumas das vitaminas que costumam estar em falta nas pessoas que seguem uma dieta vegan são a vitamina B12, o ferro, a vitamina D3, o ómega-3, entre outras.

Muitas pessoas que começam este tipo de dietas não se dão conta desta questão e acabam por afetar a saúde do corpo. É ainda mais preocupante quando os pais com filhos não têm conhecimento acerca desta possibilidade.

Daí a importância de falar com um nutricionista antes de iniciar a dieta vegan e, também, de garantir que segue a dieta à risca. O nutricionista também irá garantir que toma suplementos sempre que necessário.

Além disso, é essencial que se comecem a fazer mais estudos sobre a dieta vegan para que se encontrem mais alternativas que garantam o consumo dessas substâncias em falta. Por enquanto, os estudos ainda não são muitos.

E quais são as vantagens da dieta vegan segundo os especialistas?

Melhor saúde cardiovascular

A saúde cardiovascular e a saúde do cérebro estão ligadas. E a dieta vegan é uma das melhores para quem deseja melhorar a saúde do coração. Isto significa que, de certo modo, a dieta vegan pode influenciar positivamente a saúde do cérebro.

No entanto, são necessários estudos que comprovem essa afirmação e é o que mais falta atualmente: estudos sobre a dieta vegan. Quando um estudo deste género for feito, será possível tirar melhores conclusões.

Acima de tudo, já se sabe que esta dieta melhora a saúde do coração, o que é uma excelente razão para começar ou, pelo menos, se aproximar da dieta vegan.

Maior consciência da própria alimentação

Ao contrário do que acontece na dieta omnívora, quem adota uma alimentação vegan tem de ter vários cuidados para prevenir a falta de nutrientes, como já foi referido ao longo do conteúdo.

Esta pequena alteração faz com que as pessoas que sigam a dieta tenham uma maior consciência da própria alimentação e, consequentemente, façam escolhas mais saudáveis.

istockphoto 1186938002 612x612 1

Melhora outras questões relacionadas à saúde

E, acima de tudo, é uma dieta um pouco mais saudável do que a dieta omnívora, pois existe um maior consumo de produtos de origem vegetal.

Esse maior consumo de frutas, verduras, legumes, e outros, diminui o risco de incidência de algumas doenças, como a diabetes, as doenças crónicas, a obesidade, a hipertensão, as doenças degenerativas, entre outras.

Claro que, acima de tudo, é necessário que exista um equilíbrio e que sejam consumidos todos os nutrientes necessários ao bom funcionamento do organismo. Nada melhor do que falar com um nutricionista para garantir que as necessidades do seu corpo estão a ser suprimidas.

A conclusão a que chegamos é que são necessários mais estudos sobre o tema para garantir uma resposta acertada à pergunta.

4.7 / 5. Votos: 61

Sem votos! Seja o primeiro.


AVISO: Este artigo é meramente informativo, não temos capacidade para receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Consulte o seu médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Paulo Dias

Temos como objectivo abordar temas relacionados com tratamentos naturais.

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo