Corpo

Cansaço nas pernas: quais as principais causas?

Costuma chegar ao final do dia e sentir um peso e cansaço nas pernas e, por vezes, até alguma dor ou incómodo?

Essa é uma sensação que cerca de 35% da população portuguesa sente, na sua maioria mulheres.

O problema pode surgir por diversas razões, sendo a vulgarmente designada “má circulação” uma das mais comuns, e manifesta-se com os sintomas já falados, mas também com comichão, varizes, falta de forças, entre muitos outros.

Neste conteúdo vamos partilhar consigo as principais causas do cansaço nas pernas e as formas de tratamento mais comuns.

Quais as principais causas do cansaço nas pernas?

1. Má circulação

A má circulação é uma designação bastante usada no quotidiano, mas não é considerado um termo médico.

banner1 1

Quando alguém refere ter “má circulação” pode estar a referir-se a diferentes tipos de patologias, sendo a mais comum a doença venosa crónica.

Esta condição médica manifesta-se frequentemente com queixas de pernas cansadas e/ou pesadas e até mesmo inchaço, com melhoria destes sintomas com a elevação dos membros.

A doença venosa crónica pode também manifestar-se com varizes e telangiectasias (vulgarmente designadas de “derrames”).

Esta patologia pode estar relacionada com história familiar, obesidade, gravidez, sedentarismo ou outros fatores diversos, alguns deles ainda não totalmente comprovados como o uso prolongado de saltos altos.

Existem diversos comportamentos que pode adotar e que melhoram significativamente este problema de saúde, sendo recomendado uma avaliação pela especialidade de cirurgia vascular.

2. Diminuição da circulação de sangue nas artérias

A “má circulação” também pode estar relacionada com a doença das artérias e, designada de doença arterial periférica.

Esta patologia pode ter pior prognóstico, podendo em última instância colocar o membro em risco.

Nestes casos, os doentes manifestam queixas que poderão ir desde dor ao caminhar (claudicação intermitente), até feridas nos pés que demoram a cicatrizar (ou não cicatrizam), entre outros.

Se se der conta desses sintomas, marque uma consulta com o seu médico ou com um especialista de cirurgia vascular.

O tratamento passa, também, pela mudança de comportamentos (p. ex., exercício e cessação tabágica, se for o caso) associada a medicação para prevenção de complicações cardiovasculares. Em casos mais graves, pode ser necessário optar pela cirurgia.

3. Doenças musculares

As doenças nos músculos também provocam a sensação de peso e cansaço nas pernas.

Os problemas musculares podem surgir devido às alterações hormonais (ou a problemas de saúde que envolvam alterações hormonais), distrofias musculares, intoxicações musculares, inflamações ou doenças inflamatórias autoimunes.

As lesões provocadas pela toma de alguns medicamentos também podem estar na origem do problema.

A solução passa por ter uma consulta com o seu médico para que encontrem a origem do problema e possam tomar as medidas necessárias para o resolver.

4. Falta de exercício físico

Se não costuma praticar exercício físico com regularidade, os seus músculos terão mais dificuldade em fazer qualquer tipo de esforço físico e o cansaço irá surgir com mais facilidade, assim como a fraqueza muscular e muitos outros sintomas já referidos ao longo do conteúdo.

Além das pernas cansadas, a falta de exercício físico também o pode deixar mais vulnerável ao aparecimento de outros problemas de saúde.

É essencial fazer exercício com regularidade, mesmo que não seja uma atividade de alta intensidade. Não precisa de correr a meia maratona, uma caminhada diária de meia hora é mais do que suficiente para começar.

Se preferir, escolha outra atividade que gostaria de praticar por uns tempos.

Alongar o corpo também é muito importante e, de preferência, deve fazê-lo diariamente. Existem centenas de vídeos na internet que o ajudam a alongar em apenas alguns minutos diários.

cansaço nas pernas

Existe tratamento para este problema de saúde?

Ao longo do conteúdo pode encontrar as principais soluções para os problemas mencionados, mas vamos deixar-lhe mais algumas informações.

O tratamento deste problema de saúde tem como objetivo diminuir os sintomas e controlar, de certo modo, a doença para que tenha uma melhor qualidade de vida. Ainda não é possível curar o problema.

A escleroterapia ou a cirurgia vascular podem ser necessárias quando o problema se encontra num estágio mais avançado.

Tão importante como o tratamento é melhorar alguns dos comportamentos diários.

Implemente momentos de atividade física no seu dia, melhore a sua alimentação e siga as recomendações do médico quanto ao uso de meias de compressão.

Concluindo, se sentir algum dos sintomas referidos ao longo do conteúdo ou as pernas cansadas com frequência, procure um especialista.

Quanto mais cedo se descobrir o problema, mais depressa se pode começar o tratamento.

4.7 / 5. Votos: 15

Sem votos! Seja o primeiro.


AVISO: Este artigo é meramente informativo, não temos capacidade para receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Consulte o seu médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Paulo Dias

Temos como objectivo abordar temas relacionados com tratamentos naturais.

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo