Os Melhores Alimentos Contra o Cancro

Alimentação 307 visitas Comentar

Na dieta anti cancro vale comer um pouco de cada grupo alimentar e variar os ingredientes no prato para reduzir as hipóteses de desenvolver a doença. Os melhores Alimentos Contra o Cancro devem ser inseridos numa dieta variada e muito equilibrada.

O doente com cancro deve estar consciente dos benefícios que pode ter para si mesmo uma correta alimentação: evitaria a perda de massa muscular e, em consequência, teria a força necessária para ser autónomo. Melhoraria também a resposta à quimioterapia e à radioterapia.

Além disso, os mecanismos de cura não seriam alterados, reduzindo o risco de complicações cirúrgicas, caso o doente tivesse que passar pelo bloco operatório.

Em suma, uma boa dieta ajuda a alcançar melhores resultados no tratamento do cancro.

A Liga Portuguesa Contra o Cancro publicou um artigo sobre o alimentos que ajudam a prevenir o cancro, ajudam a remover substâncias cancerígenas e podem travar o crescimento de células malignas.

De acordo com a instituição, uma alimentação «variada e equilibrada» pode ser a chave da prevenção.

A nutrição tem um papel determinante na prevenção e tratamento do cancro, mas é preciso saber escolher os melhores alimentos.

Os Melhores Alimentos Contra o Cancro

ALHO E CEBOLA

O alho e a cebola, presentes na maior parte das refeições confeccionadas em Portugal, ajudam a eliminar toxinas que contribuem para o aparecimento de doenças degenerativas, entre elas o cancro. Estes dois alimentos também têm a capacidade de bloquear células nocivas e basta consumir meia chávena de alho e cebola por dia para combater cancro do fígado, do esófago, do estômago e da boca.

TOMATE

O consumo de tomate está ligado à prevenção do cancro da próstata pois o alimento é fonte de licopeno, que oferece um grau elevado de protecção contra a oxidação celular. Aconselha-se que o tomate seja acompanhado de uma gordura como o azeite, para que seja mais fácil para o organismo absorver todos os nutrientes presentes. Molho de tomate é, portanto, a solução mais saudável para consumir este alimento.

Os Melhores Alimentos Contra o Cancro

CHÁ VERDE

O chá verde é conhecido por acelerar o metabolismo e por ser um bom aliado das dietas. Além disso, os antioxidantes presentes na bebida ajudam a combater o aparecimento do cancro. O chá verde também ajuda a eliminar os radicais livres em excesso.

Os radicais livres em excesso são prejudiciais ao organismo pois são átomos e moléculas que têm um número ímpar de electrões, o que os torna instáveis e muito reactivos, aumentando assim o risco de contaminar células saudáveis.

FRUTOS VERMELHOS

São ricos em taninos, antocianinas e fitonutrientes que contribuem para o atraso do crescimento de células pré-malignas e combatem o aparecimento de novos vasos sanguíneos que podem resultar na formação de um tumor.

VINHO TINTO

É rico em polifenóis com capacidade de retardar as fases de desenvolvimento do cancro. 1 Copo de vinho tinto por dia pode revelar-se protector, se não tiver nenhuma outra contra-indicação.

Alimentos Contra o Cancro

Dieta de um paciente de cancro

Mais refeições durante o dia – É melhor fazer refeições pequenas e variadas ao longo do dia do que as três refeições pesadas. O ideal seria cerca de cinco refeições, embora, se o doente não tiver muito apetite, possa aumentar para sete ou oito. Melhor será com horários pré-definidos que ajudem a regular o trânsito intestinal e servir a comida morna ou fria para evitar odores que produzam náuseas ou desconfortos no doente.

Os pratos mais adequados – Nestas oito refeições é aconselhável comer de maneira variada alimentos leves, sem gordura e pouco flatulentos, com azeite de baixa acidez (0, 2º), assados, cozidos ou cozidos no vapor.

Por exemplo, verduras suaves (feijão verde tenro, cenoura, abóbora); presunto serrano sem gordura; peixe branco e frutos do mar; clara de ovo bem cozida; hidratos, como batatas, arroz, macarrão e torradas; produtos lácteos desnatados, especialmente iogurte; frutas doces em compota (maçã, marmelo, pêra).

Uma correta hidratação – Muito importante, especialmente naqueles doentes tratados com quimioterapia, para evitar parte da sua toxicidade. Recomenda-se a ingestão de algumas das frutas e legumes previamente indicados, infusões liquefeitas e relaxantes, como tília, erva-cidreira e caldos de vegetais.

E a água, melhor engarrafada.

A dieta de um paciente de cancro deve ser o mais personalizada possível e adaptada às suas necessidades, porém, existem alguns ‘denominadores’ comuns que são benéficos para a grande maioria das pessoas portadoras da doença, como é o caso do molho de tomate, um preparado que deve ser feito em casa e que é rico em vitamina C, micronutriente que melhora o palato dos pacientes.

Os peixes gordos como o salmão, o atum e as sardinhas são também importantes para esta fase da vida, uma vez que oferecem uma excelente quantidade de ácidos gordos ómega 3 (benéficos para a saúde muscular), vitamina B12 (benéfica para os glóbulos vermelhos) e vitamina D (benéfica para a saúde óssea).

Para combater as náuseas muitas vezes causadas pela quimioterapia, a solução mais natural e eficaz é o gengibre, seja sob a forma de infusão ou adicionado a um copo de água.

O que não devemos comer

É importante evitar alimentos crus ou parcialmente cozidos, cozidos na grelha ou fritos. Também bebidas estimulantes: café, álcool, chá, hortelã, camomila.

Alimentos mais pesados, como os ricos em gorduras (leite, margarina, natas), terão um impacto muito negativo; carnes vermelhas (carne de vaca, porco, cordeiro, salsichas, patés); frutas e vegetais ácidos (tomate, frutas cítricas, morango, kiwi) ou aqueles alimentos que geram mais gases (legumes, repolho, couve-flor, brócolos, alcachofra).

Os Melhores Alimentos Contra o Cancro
4.7 (93.91%) 23 voto[s]

Copyright Tratamento Natural. Reprodução permitida desde que indicando o endereço:
https://www.tratamento-natural.com/alimentacao/melhores-alimentos-contra-cancro/

AVISO: Este artigo é meramente informativo, não temos capacidade para receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico.
Consulte o seu médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *