Arritmia Cardiaca Tratamento Natural

Corpo 279 visitas Comentar

Chama-se arritmia cardíaca a qualquer ritmo cardíaco anormal.

Num adulto normal, saudável e em repouso o coração tem cerca de 60 a 100 batimentos por minuto. Esses batimentos em condições normais repetem-se a um ritmo regular como o tic-tac de um relógio.

Qualquer alteração no ritmo cardíaco normal é chamada de arritmia. A condição ocorre quando os impulsos eléctricos do coração não funcionam da maneira correta, provocando batimentos acelerados (taquicardia), lentos (bradicardia) ou até mesmo irregulares.

A maioria das arritmias não causa danos, porém algumas podem ser sérias ou até ameaçar a vida. Com arritmia cardíaca o coração pode não ser capaz de bombear sangue suficiente para o corpo, o que pode danificar o cérebro, coração e outros órgãos.

O ritmo cardíaco pode ser avaliado por instrumentos adequados ou através de uma manobra que pode ser facilmente ensinada a qualquer pessoa: a palpação de uma artéria do pulso.

Tal como se deve preocupar em saber qual é o seu peso, como está a sua pressão arterial, o valor do colesterol e do açúcar no sangue, é essencial que saiba avaliar o seu ritmo cardíaco.

A maioria das pessoas pode contar as suas pulsações de forma fácil, embora existam aparelhos que fazem a medição da tensão arterial e o cálculo da frequência cardíaca (número de batimentos cardíacos por minuto).

Pela palpação de uma artéria que está no pulso, podemos contar as pulsações e ao mesmo tempo que olhamos para o relógio, contamos o número de batimentos.

O número de pulsações que vamos encontrar em 60 segundos dá-nos o número de batimentos por minuto. Podemos também avaliar se o ritmo do nosso coração é regular e certinho como o tic-tac de um relógio ou se é francamente irregular.

arritmia cardiaca

Sintomas da arritmia cardíaca

  • Palpitações cardíacas (sensação de que o coração pulou uma batida ou está batendo muito forte)
  • Batimento cardíaco lento
  • Batimento cardíaco irregular
  • Sensação de pausa entre os batimentos cardíacos
  • Ansiedade
  • Dores de cabeça
  • Transpiração
  • Falta de ar
  • Dor no peito (angina)
  • Palidez
  • Suores frios
  • Fraqueza
  • Tonturas
  • Cansaço

 

 

 

Como Prevenir?

Para se prevenir contra a Arritmia cardíaca, é preciso antes de tudo, ter bons hábitos alimentares, como ingestão de legumes, verduras e ómega 3, evitar o excesso de álcool, cigarro, drogas, refrigerante, café, fugir das dietas exageradas, e controlar ao máximo o stress.

É importante também diminuir o consumo de gorduras saturadas, açúcar e sal, e sempre que possível praticar exercícios físicos, para controlar o peso, como natação, futebol, caminhadas, musculação, ioga e até andar de bicicleta e dormir bem, para ter uma vida mais saudável.

Arritmia Cardiaca Tratamento Natural

O Centro Hospitalar Gaia/Espinho (CHVNG) anunciou ter iniciado recentemente um novo tratamento para a arritmia cardíaca mais frequente entre os portugueses (fibrilação auricular) através de uma nova tecnologia que utiliza o frio extremo (crioablação).

A fibrilação auricular é uma alteração do ritmo e da frequência do batimento do coração, em que as aurículas contraem de forma irregular e descoordenada, o que pode levar a que o sangue se acumule nesta zona do coração, com risco de formação de coágulos, que se podem deslocar através da corrente sanguínea e bloquear o afluxo de sangue ao cérebro e, consequentemente, provocar acidentes vasculares cerebrais.

Eletrocardiograma (ECG)

Pequenos eléctrodos são colocados no peito, braços e pernas, a fim de detectar a actividade eléctrica do coração do paciente. Rápido e indolor, esse é o teste mais comum no diagnóstico de arritmia.

O exame é capaz de medir o tempo e a duração de cada fase eléctrica dos batimentos cardíacos. Contudo, o ECG não consegue detectar arritmias que acontecem fora do período do teste.

Os tratamentos mais comuns para arritmias incluem remédios, procedimentos médicos e cirurgia.

O tratamento é necessário quando a arritmia causa sintomas sérios como tontura, dor no peito e desmaio, ou quando ela aumenta a probabilidade de desenvolver complicações como insuficiência cardíaca ou ataque cardíaco súbito.

Arritmia Cardiaca Tratamento Natural
Vote neste artigo


AVISO: Este artigo é meramente informativo, não temos capacidade para receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico.
Consulte o seu médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *