Alimentação

7 Benefícios do Mel de Manuka para a sua saúde

Como um produto alimentar popular, o mel tem sido utilizado em todo o mundo para adicionar um toque de doçura aos nossos alimentos e bebidas favoritas.

Apesar disso, o mel tem benefícios surpreendentes quando utilizado para outros fins, além do consumo.

O Mel Manuka, em particular, é um tipo de mel que apresenta propriedades anti-bacterianas e anti-inflamatórias significativas, que podem auxiliar na melhoria de várias doenças da pele, entre outras doenças.

Os ingredientes fundamentais presentes no mel Manuka, que oferecem as suas poderosas estratégias defensivas de combate às bactérias, são o peróxido de hidrogénio e o metilglioxal (MG), que são componentes antibióticos e anti-bacterianos.

De sabor intenso e picante é conhecido como sendo o “mel que cura”, este é produzido por abelhas que recolhem o pólen da manuka (Leptospermum scoparium), um arbusto que cresce espontaneamente na zona mais selvagem da região East Cape na ilha do Norte da Nova Zelândia.

banner1 1

Esta planta, importante na cultura tradicional Maori, é conhecida pelas suas propriedades benéficas para o organismo.

Além de ser um “super alimento”, o mel de manuka é um excelente ingrediente em produtos cosméticos (champô, amaciador, cremes de rosto e corporais, baton, desodorizante).

No mel tradicional, existe apenas 5 miligramas de metilglioxal (proporção MGO) por quilograma, enquanto o Manuka Honey tem entre 300 e 700!

Isso significa que o Mel de Manuka é 60 a 140 vezes mais eficaz que o mel normal.

mel de manuka

Benefícios do Mel de Manuka

1 – Fortalece o sistema imunológico

Por ser rico em nutrientes essenciais, incluindo a vitamina C, o mel de manuka ajuda a fortalecer o sistema imunológico, deixando-o mais resistente a doenças comuns, como gripes e constipações.

2 – Auxilia o sistema gastrointestinal

Ao estimular o desenvolvimento de probióticos no seu intestino, ajuda a tornar o sistema gastrointestinal mais saudável, com uma melhor acção das bactérias benéficas.

3 – Antibiótico natural

Está comprovado que ele é capaz de eliminar o E. coli, Salmonella, Strep, Helicobacter pylori e Pseudomonas. Isso faz dele um excelente antibiótico natural.

4 – Combate o envelhecimento precoce

Por ser rico em antioxidantes, ajuda a combater os radicais livres que deterioram as células do seu corpo (inclusive da pele), ajudando assim a manter a saúde celular e combater o envelhecimento precoce.

5 – Anti-inflamatório

Não bastasse ser antibiótico, é também anti-inflamatório, podendo tratar desde resfriados a problemas oculares, na garganta, inflamações na pele e muito mais, podendo ser utilizado de forma tópica também.

6 – Hidrata a pele

Rico em nutrientes, ele hidrata e nutre a pele, deixando-a macia e livre de espinhas, já que não é um produto oleoso.

7 – Trata a acne e espinhas

Por possuir uma forte acção anti-inflamatória e antibiótica, o mel de manuka ajuda a curar problemas com acne e espinhas, secando, reduzindo a comichão e o inchaço, para além de hidratar a pele, sem oleosidade.

Graças às suas propriedades anti-bacterianas, este é um dos tipos de mel com preço mais elevado do mundo.

Contudo, para que possa ser com efeito considerado um mel diferente dos outros, é necessário que seja testado e certificado para o conteúdo natural de MGO.

MGO significa metilglioxal, um composto natural identificado no Mel de Manuka, que o torna único em comparação com outros tipos de mel.

O mel que cumpre os standards instituídos na Nova Zelândia, por um laboratório aprovado e acreditado pelo governo desse país, reconhecido como sendo mel de manuka genuíno.

O produto é mais caro e difícil de encontrar do que o mel tradicional.

Tenha muita atenção na hora de escolher, pois existem algumas variantes que não incluem todo o potencial que o manuka promete.

Antes de comprar, procure no rótulo a sinalização UMF, que signifca (Unique Manuka Factor, ou Fator Original Manuka, em tradução livre), que evidencia a graduação mais pura do mel entre os níveis 10 e 18.

Se a sinalização mostrar um número abaixo de 10, isso quer dizer que o mel tem baixas concentrações de pureza e, como tal, pode não ser tão eficiente.

mel

Mel vendido nos supermercados

O mel vendido actualmente nos supermercados é apenas um xarope de açúcar, sem o valor nutricional original e sem o poder de combate às bactérias.

O mel muito claro, por exemplo, sofre ultra-filtração e pasteurização, para garantir que ele continua líquido independentemente da temperatura a que se encontrar.

Os processos pelo quais os méis passam tiram muitos dos compostos que fazem do alimento nutritivo e benéfico à saúde.

A palavra “orgânico” no rótulo não certifica que o mel seja puro. O ideal é procurar os produtos mais escuros e com um resíduo branco de pólen na parte superior.

O anel branco de pólen contém vitaminas do complexo B, vitaminas C, D e E, assim como minerais e 31 antioxidantes.

O mel varia de cor devido às flores em que as abelhas obtiveram o néctar, pólen e resina.

Quanto mais escuro for o mel, maior o nível de antioxidantes contidos nele.

O mel puro é rico em polifenóis – antioxidante que tem sido relacionado à redução do risco de cancro, combate a doenças cardíacas e diminuição do colesterol.

5 / 5. Votos: 1

Sem votos! Seja o primeiro.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo