Como cuidar da pele com Rosácea

Beleza & Estética 356 visitas 2 Comentarios

Como cuidar da com Rosácea – A rosácea é caracterizada por uma vermelhidão persistente, rubor, vasos sanguíneos visíveis e manchas com pápulas.

A rosácea é uma perturbação cutânea crónica que se caracteriza por afogueamento, rubor e crises inflamatórias semelhantes à acne, verificando-se habitualmente nas maçãs do rosto, queixo, testa e nariz. À medida que a doença progride, a vermelhidão pode tornar-se mais intensa e persistente.

Pequenos vasos sanguíneos superficiais dilatados surgem habitualmente nas zonas citadas. Em casos avançados, a rosácea pode conduzir a um espessamento da pele do nariz (rinofima).

Enquanto a rosácea é mais comum nas mulheres, o rinofima é muito mais visível nos homens. Os casos graves de rosácea podem provocar irritação dos olhos, deixando-os encarnados e lacrimejantes.

Nas pessoas com vermelhidão facial associada a rosácea, este aumento no transporte de sangue na superfície da pele está desregulado. Os vasos sanguíneos dilatam e depois não voltam ao seu tamanho inicial, por outro lado, com o passar do tempo, surge também inflamação e enfraquecimento das estruturas da pele.

Reúnem-se assim as condições que causam a vermelhidão facial, maior sensibilidade e mais irritação na pele do rosto – rosácea.

Não tem nada a ver com outras condições como a psoríase, a acne ou o vitiligo, não é contagiosa e não é curável, mas é altamente controlável.

A Rosácea é agravada por factores como:

  • Exposição à radiação UV / Sol (principal)
  • Ambientes secos e quentes
  • Mudanças de temperatura
  • Stress
  • Aplicação de cortisona
  • Cosméticos oclusivos (gordurosos) e irritantes
  • Alimentos quentes e picantes
  • Álcool

TIPOS DE ROSÁCEA

Existem diferentes subtipos de rosácea. Em alguns doentes podem ocorrer apenas vermelhidão e vasos sanguíneos salientes (rosácea eritemato-telangiectásica).

Em outros casos, podem surgir borbulhas ou espinhas semelhantes às da acne (rosácea pápulo-pustulosa). Os olhos também podem ser afetados, apresentando-se vermelhos, irritados, congestionados e/ou com comichão (rosácea ocular).

Por outro lado, alguns doentes podem apresentar a pele espessada e com aumento do volume de determinadas regiões da face (rosácea fimatosa). É comum os doentes apresentarem sobreposição de mais do que um subtipo de rosácea.

FACTORES DESENCADEADORES MAIS FREQUENTES

EXPOSIÇÃO AO SOL – Este é, frequentemente, o factor desencadeador mais comum de manchas no rosto e vermelhidão.

DICA – Use sempre protector solar com um factor de protecção solar igual e superior a 30. Proteja a sua pele do vento com um chapéu ou lenço.

CLIMA E TEMPERATURA – Sentar-se confortavelmente à lareira ou desfrutar de um banho quente pode soar reconfortante, mas ambientes excessivamente quentes podem aumentar o fluxo sanguíneo e o rubor facial, contribuindo para o aparecimento de manchas no rosto.

DICA – Evite saunas, banhos quentes e estar junto de fontes de calor. Afaste-se de climas extremos e agasalhe-se quando sair para o frio.

ALIMENTAÇÃO – Alguns alimentos podem desencadear reacções de vermelhidão facial, nomeadamente:

  • Refeições picantes
  • Refeições quentes pesadas
  • Produtos lácteos, como o iogurte e o chocolate
  • Determinados citrinos
  • Alimentos com alto teor de histamina, incluindo alguns queijos, beringela, espinafres, vinagre e molho de soja

DICA – Mantenha um diário de alimentação para o/a ajudar a determinar que alimentos ou bebidas desencadeiam exacerbações ou provocam manchas no rosto.

BEBIDAS – É um mito pensar que a vermelhidão facial é causada pelo consumo excessivo de álcool, mas as bebidas alcoólicas e as bebidas quentes podem desencadear esta doença.

DICA – Regra geral, é sensato ser moderado quanto ao consumo de álcool e reduzir a temperatura das bebidas quentes.

PRODUTOS PARA CUIDADO DA PELE – A pele com tendência ao aparecimento de rosácea e de manchas em geral é normalmente sensível, pelo que deve utilizar com moderação produtos que contenham álcool ou perfume. Além disso, evite bases pesadas que exijam que esfregue bastante para as remover.

DICA – Não use produtos formulados para o de acne, uma vez que estes são, frequentemente, demasiado agressivos. Limpe suavemente com produtos «isentos de álcool ou perfume» e seque o rosto com uma toalha de algodão macia. Peça ao seu dermatologista sugestões adequadas para o seu tipo de pele em particular.

EXERCÍCIO FÍSICO – Uma boa transpiração é essencial para uma vida saudável, mas o exercício físico intenso pode levar a um sobreaquecimento, desencadeando reacções de vermelhidão facial.

DICA – Se gostar de praticar jogging ao ar livre, opte por fazê-lo de manhã cedo ou ao entardecer, quando o sol não está muito forte. Na fase de arrefecimento, não se esqueça de beber bastantes líquidos.

INFLUÊNCIAS EMOCIONAIS – Só o facto de ter de lidar com as manchas no rosto e todos os sinais visíveis de vermelhidão facial pode desencadear mais rubor.

DICA –  Pratique técnicas simples de gestão do stress (como por exemplo, exercícios de inspiração profunda) durante o dia.

Coma de forma saudável, descanse bastante e, se os sintomas da vermelhidão facial continuarem a incomodar, fale com o seu médico. Hoje!

Rosácea

Que produtos cosméticos utilizar para cuidar da pele com Rosácea? Quando? E como?

1) Produtos de higiene:

Opte por emulsões fluídas com não mais de 20% de conteúdo gorduroso que não contenham álcool, sabão, parabenos nem perfume.

Fazer a limpeza de manhã e à noite de forma suave, sem pressionar muito o rosto, e secar bem a pele com uma toalha de algodão.

2) Produtos de hidratação:

A hidratação da pele deve ser feita de manhã e à noite depois da limpeza.

Pode-se utilizar um único creme ou optar por gamas de produtos que ofereçam soluções para de dia e para de noite.

Estes produtos devem ter na sua composição substâncias com acção descongestionante (extracto de ruscus, ginseng, vaccinum myrtillus, ginkgo biloba), indicados para peles sensíveis (mimosa, aloé vera, alfa-bisabolol), e hidratantes (pantenol, ácido hialurónico, alantoína).

Não use produtos de cosmética agressivos ou que exijam esfregar a pele para serem retirados.

3) Produtos de cuidado específico para cuidar da pele com Rosácea

Em alturas de crise deve-se optar pelo uso de um cuidado específico e localizado de noite, um cuidado intensivo e/ou máscara calmante. Deve-se ainda pulverizar água termal pelo menos nas maçãs do rosto várias vezes por dia.

O uso de protector solar todo o ano é imprescindível para cuidar da pele com Rosácea.

Deve optar-se por aqueles que não contenham perfume.

Rosácea

TRATAMENTO PARA A ROSÁCEA

O tratamento para rosácea pode ser feito com a aplicação de cremes ou soluções nas regiões afectadas ou com o uso de antibióticos ou anti-inflamatórios, dependendo da sua causa. No caso da rosácea papulopustulosa, em que se formam pústulas na pele, a pele pode se tornar mais espessa e o nariz pode ficar aparentemente maior, mas este tipo de rosácea não é muito frequente.

Geralmente o paciente com rosácea pode ter apenas cuidados simples como usar sempre um sabonete hidratante ou neutro e hidratar a pele com creme ou loção para peles sensíveis para controlar a vermelhidão da pele.

TRATAMENTO NATURAL PARA ROSÁCEA

Máscara de pepino – O pepino é eficaz no tratamento da pele com rosácea porque é muito rico em água e vitamina E. Mas, destaca-se sobretudo por ser um bom desinflamante natural que ajuda a minimizar a vermelhidão própria desta condição, bem como refrescar e reparar a pele.

Para elaborar uma máscara caseira à base de pepino, descasque um pepino médio, bata no liquidificador e se desejar, acrescente uma colher de sopa de azeite de oliva.

Depois passe-a pelo rosto e deixe agir durante 15 minutos. Retire com água morna e sem aplicar nenhum tipo de sabonete.

Rosácea

Máscara de aveia e chá verde – A aveia possui uma acção calmante que protege a pele contra irritações, vermelhidão e coceira. E demonstrou-se que o chá verde é ideal para combater os sintomas da rosácea, por isso, ambos os ingredientes unidos são uma excelente opção.

Prepare um chá verde e quando estiver frio, acrescente três colheres de sopa de farinha de aveia. Misture-o bem e já estará pronto para aplicar sobre a cútis.

Há cura para a rosácea?

Há vários tratamentos que dependem da gravidade da doença mas de momento não há cura.
A pele do doente com rosácea é extremamente sensível e há que ter muito cuidado na selecção de produtos de higiene e cosméticos.

A aplicação regular de protectores solares é também importante.

O tratamento com luz pulsada (I P L) é a melhor solução nos casos de vermelhidão e vasos dilatados. Quando há pústulas, tratamentos anti-microbianos e antiparasitários são habitualmente eficazes. Por vezes é necessário terapêutica com isotretinoína.

Cuidar da pele com Rosácea

Por ser muito visível, a rosácea é motivo de constrangimento e pode levar ao isolamento social. Por isso, é muito importante consultar um especialista (se possível, na fase inicial da doença), pois existem tratamentos que permitem atenuá-la, assim como cuidados diários que ajudam a controlá-la.

Sabia que…

A rosácea pode ocorrer com mais frequência em pessoas cuja profissão obrigue a uma exposição constante ao calor, como é o caso dos cozinheiros.

Como cuidar da pele com Rosácea
4.6 (92.35%) 34 votos


AVISO: Este artigo é meramente informativo, não temos capacidade para receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico.
Consulte o seu médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.
2 Comentários
  1. Filipa Lopes

    | Responder

    Tenho este problema há vários anos. Comprei um creme que me ajuda imenso EPIDERMX

  2. Rui

    | Responder

    Excelente informação, parabéns

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *