Beleza & Estética

Como Deixar de Roer as Unhas

De um hábito suave, pode tornar-se um problema mais sério

A onicofagia ou roer as unhas, é uma patologia de carácter psicológico relacionada, geralmente, com a má gestão de emoções, tais como ansiedade, medo e nervosismo.

A unha, a cutícula e até mesmo a pele são a nossa protecção contra vírus e bactérias. Quando roemos as unhas, rompemos essas protecções, deixando-as expostas a essas ameaças.

Para se livrar deste mau hábito, a dica é reconhecer o que provoca a ansiedade que leva a começar a roer as unhas e tentar eliminá-la.

Roer as unhas é algo mais que uma má prática. Este hábito é bastante frequente e não discrimina entre homens, mulheres e até crianças.

O que no principio parece ser um comportamento inadequado que não contém nenhum mistério, na realidade é uma manifestação de ansiedade, angustia e timidez.

banner1 1

Normalmente roer as unhas é uma forma de extravasar perante existência de uma batalha interna que não se pode resolver. Algo que está errado, que nos preocupa e ao não o dizermos, manifestamo-nos através das unhas.

Noutras situações este vício não está na categoria dos grandes problemas, apenas se deve a um hábito de imitação.

Muitas crianças que roem as unhas fazem-no simplesmente porque viram os seus pais ou irmãos fazerem o mesmo.

Este mau hábito pode causar sérios prejuízos à haste, cutículas e pele em redor, podem tornar-se vermelhas e doridas e pode até sangrar e infeccionar. Também pode prejudicar os dentes.

Além disso, o acto é socialmente inaceitável e dá uma sensação negativa perante os outros.

 

Motivos para roer

Um dos motivos que o faz ceder e voltar a roer as suas unhas é o facto da fragilidade, pois as unhas costumam quebrar e descamar. Por isso, é importante fortalecer as suas unhas. Compre um bom fortalecedor e cálcio, que ajude as suas unhas fragilizadas.

Tenha sempre ao seu alcance uma lixa de unhas, inclusive na sua bolsa. Pois, caso a sua unha parta ou lasque, não cairá na tentação de a roer!

Enfrente esse momento e lixe a sua unha imediatamente.

A matriz está posicionada na base das unhas, sob a cutícula. O problema maior é que, ao danificar constantemente as unhas a ponto de atingir a região próxima à matriz, a produção da unha também fica destruída.

Por fim, é na matriz que são armazenadas as células para a produção das unhas.

hábito de Roer as Unhas

 

O hábito de roer as unhas só consegue ser abandonado com motivação e força de vontade: é preciso querer e ter o objectivo de parar.

Tente encontrar o que faz roer e tente direccionar o impulso para outras práticas.

Para encorajar a nunca mais voltar a roer, fotografe as suas unhas bonitas e cuidadas e guarde as imagens para que sirva de inspiração para que não volte mais a roê-las.

 

Deixar de Roer as Unhas

Segue tratamento natural

  • Diminuir a ansiedade – Fazer uso de chás que ajudam a reduzir a ansiedade, como a valeriana ou a tília. Ajuda a que fique mais tranquilo e relaxado e com isso diminui a vontade de roer as unhas, sem muito esforço.
  • Alho nas unhas – esfregar em cada uma das suas unhas um pedaço do dente de alho vai ajudar a diminuir a vontade de roer. Apesar de ser um método não muito agradável devido ao odor que o alho liberta ele é bastante eficaz.
  • Limão nas unhas – esfregar meio limão em cada unha irá ajudar a inibir a vontade de roer . Como o sabor do limão permanece durante horas nas unhas acabará por abandonar este hábito.

Deixar de Roer as Unhas

 

Este vício pode provocar ainda graves problemas gastrointestinais como esofagite infecciosa, gastrite, entre outros, até prejudicar a dentição, a musculatura do maxilar e a articulação. Além desses, o ato de levar a mão à boca deixa a pessoa mais exposta a outras bactérias que podem despertar doenças futuras, H1N1, diarreia, hepatite A, rubéola, sarampo, etc.

A prática de roer as unhas é danoso para o corpo e mente. É fundamental procurar ajuda de profissionais especializados para identificar o motivo da “compulsão” e as consequências.

 

artistic nails 1206308 640

 

Dicas parar parar de roer as unhas

1. Corte as unhas – se as unhas estiverem curtas o suficiente, tornar-se-á mais difícil roê-las;

2. Use um verniz especial – existem alguns vernizes próprios que o podem ajudar. Estes têm um paladar desagradável que torna muito difícil o ato de roer as unhas;

3. Vá à manicura – tratar das unhas com uma profissional e deixá-las com um óptimo aspecto pode evitar a tentação;

4. Use luvas ou adesivos – usar luvas diariamente, em qualquer lugar, pode parecer algo despropositado, mas a ideia é bem simples, basta usar algo que impeça o atrito. Neste caso, até o uso de adesivos para unhas pode ajudar;

5. Entenda qual é o “gatilho” – procure a razão que estimula o hábito, se é um processo interno ou algo que outra pessoa diga ou faça. A consciencialização do vício pode ajudar a tratá-lo;

6. Mantenha a mão ou a boca ocupada – bolas anti-stress, gomas, pequenas atitudes que possam ser o foco da sua atenção, em vez de roer as unhas;

7. Peça ajuda – Ás vezes levamos as mãos à boca sem nos darmos conta. Alerte as pessoas com quem convive no dia-a-dia da sua intenção e peça que avisem quando vejam roer as unhas.

O mais importante – nem todas as pessoas conseguem na primeira tentativa, por isso, experimente definir pequenas metas e objectivos e assumir que vai demorar algum tempo até chegar lá.

 

0 / 5. Votos: 0

Sem votos! Seja o primeiro.

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo